Iniciar Conteúdo Principal

Gerenciamento de Projetos

ícone do envelope Você pode solicitar notificação para Gerenciamento de Projetos.

  1. Existe alguma ferramenta livre em Gerenciamento de Escopo de projetos especializada em EAP (Estrutura Analítica de Projeto), indicada pelo grupo de consultoria em Gerenciamento de Projetos? (28/11/2011)
  2. O que é projeto? (28/11/2011)
  3. O que é Gerenciamento de projetos? (28/11/2011)
  4. Quais serviços estão disponíveis pela consultoria de gerenciamento de projetos?(28/11/2011)
  5. O que é maturidade em gerenciamento de projetos? Quais são seus objetivos? (28/11/2011)
  6. O que é um escritório de projetos? O que ele faz? Quais são os benefícios? (28/11/2011)
  7. Quais as diferenças entre Gerentes de Projetos e Escritório de Projetos – PMO? (28/11/2011)
  8. Quais embasamentos teóricos o grupo de Gerenciamento de Projetos utiliza? (28/11/2011)
  9. Posso solicitar ao grupo de consultoria em GP que gerencie um projeto do meu órgão? (28/11/2011)
  10. Por que gerenciar por projetos? (28/11/2011)
  11. O que é PMO? (28/11/2011)
  12. O que é PMP? (28/11/2011)
  13. O que faz um Gerente de Projetos? (28/11/2011)
  14. A definição de Projetos do PMI é a mesma de projetos do PPA. (28/11/2011)
  15. O Grupo de Gerência de Projetos do SISP poderá gerenciar os projetos dos órgãos do SISP? (28/11/2011)
  16. Quais os requisitos de um gerente de projetos? (28/11/2011)
  17. Qual ferramenta para Gerenciamento de Projetos é recomendada pelo Grupo de Gerência de Projetos do SISP? (28/11/2011)

  1. P: Existe alguma ferramenta livre em Gerenciamento de Escopo de projetos especializada em EAP (Estrutura Analítica de Projeto), indicada pelo grupo de consultoria em Gerenciamento de Projetos? (28/11/2011)

    R: Até o momento, a equipe de consultoria em gerenciamento de projetos não conseguiu identificar uma ferramenta livre com a mesma sofisticação da WBSChart Pro. Porém, se o objetivo for apenas estruturar o escopo do projeto, para fins de planejamento e apresentação, a equipe tem utilizado a ferramenta XMind (http://www.xmind.net/), que, apesar de ter sido criada para a geração de mapas mentais, pode ser facilmente configurada para facilitar a montagem de uma EAP.

  2. P: O que é projeto? (28/11/2011)

    R: A definição mais acadêmica de um Projeto, e descrita no PMBOK®, é a de um esforço temporário empreendido para alcançar um objetivo específico. Projetos são executados por pessoas, geralmente têm limitações de recursos e são planejados, executados e controlados.
    Objetivamente, podemos dizer que os projetos diferem dos processos ou operações porque estes são contínuos repetitivos, enquanto os projetos têm caráter temporário e único. Temporário porque todo projeto tem início e fim definidos. Único porque o produto ou serviço é, de algum modo, diferente de todos os produtos e serviços, ainda que da mesma área ou semelhantes.

  3. P: O que é Gerenciamento de projetos? (28/11/2011)

    R: É o processo através do qual se aplicam conhecimentos, capacidades, instrumentos e técnicas às atividades do projeto de forma a satisfazer as necessidades e expectativas dos diversos envolvidos. PMI (Project Management Institute) (2008)

  4. P: Quais serviços estão disponíveis pela consultoria de gerenciamento de projetos?(28/11/2011)

    R: Os serviços disponíveis são:

    • Avaliação de Maturidade em Gerenciamento de Projetos;
    • Evolução de maturidade em Gerenciamento de Projetos;
    • Implantação de Escritório de Projetos;
    • Implantar Metodologia de Gerenciamento de Projetos;
    • Elaboração de metodologia de Gerenciamento de Portfólio de Projetos;
    • Revisão de Metodologia de Gerenciamento de Projetos;
    • Workshop de Gerenciamento de Projetos.

  5. P: O que é maturidade em gerenciamento de projetos? Quais são seus objetivos? (28/11/2011)

    R: É a situação em que a organização se encontra em relação aos processos de gerenciamento de projetos. Esse diagnóstico deve ter como base um modelo de avaliação. O objetivo do modelo de maturidade é permitir às organizações, a identificação do estágio atual e fornecer um caminho de evolução até se atingir o estágio ideal, garantindo um alto nível de sucesso nos projetos, com baixo stress e alta produtividade.

  6. P: O que é um escritório de projetos? O que ele faz? Quais são os benefícios? (28/11/2011)

    R: Os escritórios de projetos são construídos para servir às necessidades de gestão de projetos da organização. Algumas de suas funções normalmente desempenhadas são: suporte ao projeto, administração do portfólio de projetos, treinamento, consultoria, gerenciamento de recursos, implementação de metodologia, padronização de processos, mentoring e coaching.

    Alguns benefícios são: Elevar confiança e grau de certeza, Minimizar situações desfavoráveis, Facilitar a tomada de decisões, Melhorar a gestão e o controle dos projetos, Prover canais de comunicação sobre projetos, Refinar as projeções de necessidades de recursos e Implementar um mecanismo para medição de andamento dos projetos.

  7. P: Quais as diferenças entre Gerentes de Projetos e Escritório de Projetos – PMO? (28/11/2011)

    R: Gerentes de projetos e PMOs buscam objetivos diferentes e, por isso, são orientados por requisitos diferentes.

    Gerente de Projetos é responsável pelo fornecimento de objetivos específicos do projeto limitado as suas restrições, concentra-se nos objetivos especificados do projeto, controla os recursos atribuídos ao projeto para atender da melhor forma possível aos objetivos do projeto, gerencia o escopo, o cronograma, o custo e a qualidade dos produtos dos pacotes de trabalho, informa sobre o progresso do projeto e outras informações específicas do projeto.

    Escritório de projetos
    é uma estrutura organizacional com obrigações específicas que inclui uma perspectiva organizacional, gerencia as principais mudanças do escopo do programa e pode enxergá-las como possíveis oportunidades para melhor alcançar os objetivos de negócios, otimiza o uso dos recursos organizacionais compartilhados entre todos os projetos, gerencia o risco global, a oportunidade global e as interdependências entre os projetos e fornece relatórios consolidados e visão empresarial de projetos sob sua supervisão.

  8. P: Quais embasamentos teóricos o grupo de Gerenciamento de Projetos utiliza? (28/11/2011)

    R:

    R: O grupo tem a preocupação de estar sempre atualizado com o mercado e, neste momento, utiliza as seguintes bibliografias:
    •    MMGP – Modelo Brasileiro de Maturidade em Gerenciamento de Projetos - Darcy Prado
    •    Maturity Cube – Modelo de maturidade de Escritórios de projetos - Americo Pinto e Marcelo Foresti de Matheus Cota
    •    Metodologia de Gerenciamento de projetos – Pmbok - Project Management Body of Knowledge, do Project Management Institute (PMI) e as suas customizações.

  9. P: Posso solicitar ao grupo de consultoria em GP que gerencie um projeto do meu órgão? (28/11/2011)

    R: Não. Dentre os serviços disponibilizados pelo grupo, não está previsto o gerenciamento específico de projetos dos órgãos. O foco desse grupo é ajudar os órgãos a gerir seus projetos e aumentar seus níveis de maturidade em GP, seja implantando um escritório de projetos ou  uma metodologia de GP.

  10. P: Por que gerenciar por projetos? (28/11/2011)

    R: Porque diversas atividades estratégicas das organizações, públicas ou privadas, são empreendimentos não repetitivos, com uma sequência bem definida de eventos, com início e fim, que se destinam a atingir um objetivo claro e são conduzidas por pessoas dentro de parâmetros definidos como tempo, custo, recursos e qualidade. A carteira (ou portfólio) de projetos de uma organização pública deve ser selecionada com base nas restrições de prazo, orçamento, pessoal, equipamentos, tecnologias e retorno esperado para a sociedade após a conclusão dos projetos. Os projetos traduzem a estratégia institucional, promovendo o cumprimento da missão organizacional e a realização de sua visão de futuro: ações coordenadas, que resultam em benefícios à sociedade. A gerência por projetos também permite a padronização da execução de tarefas complexas, incrementa o aprendizado organizacional e promove a interação de equipes multidisciplinares e multidepartarmentais, aumentando assim, a maturidade da gestão e da governança corporativa. 

  11. P: O que é PMO? (28/11/2011)

    R: PMO é a sigla em inglês para Project Management Office, ou seja, o Escritório de Gerência de Projetos. No Brasil tem sido usada a expressão Escritório de Projetos. Existem várias formas de implementar o EP, sendo divididas em três categorias; projeto autônomo, escritório de suporte e escritório corporativo.
    De forma resumida, o primeiro fica atuando em um único projeto, o segundo atua em uma área da organização e o terceiro atua em toda a organização.
    Entre as funções, o EP deve fornecer os meios e condições para os gerentes de projetos possam realizar as suas atividades, bem como padronizar as formas de acompanhamento, permitindo a tomada de decisão e uma visão consolidada da situação dos projetos de uma organização.
    Recomenda-se que os membros do EP sejam indicados entre os profissionais mais experientes e capacitados da organização.

  12. P: O que é PMP? (28/11/2011)

    R: A sigla PMP significa Project Management Professional, ou seja, o Gerente de Projetos. Este termo é muito usado por causa do organismo internacional chamado PMI ( Project Management Institute) que reúne e normatiza as melhores práticas em Gerência de Projetos. O PMI também é responsável por aplicar e garantir a certificação destes profissionais.

  13. P: O que faz um Gerente de Projetos? (28/11/2011)

    R: O Gerente de Projetos é o profissional encarregado do sucesso do projeto. Ele deve, junto com a equipe, planejar o trabalho a ser feito, acompanhar a realização do trabalho, monitorar e avaliar os resultados obtidos. Entre as principais atividades o GP deve se antecipar os problemas, provendo soluções e alternativas, apoiando a equipe e garantindo a realização do trabalho.

  14. P: A definição de Projetos do PMI é a mesma de projetos do PPA. (28/11/2011)

    R: A palavra “projeto” assume duas definições diferentes.

    O Plano Plurianual, no Brasil, estabelece as medidas, gastos e objetivos a serem seguidos pelo Governo Federal ao longo de um período de quatro anos.
    Com a adoção deste plano, tornou-se obrigatório o Governo planejar todas as suas ações e também seu orçamento de modo a não ferir as diretrizes nele contidas, somente devendo efetuar investimentos em programas estratégicos previstos na redação do PPA para o período vigente.
    O PPA é dividido em planos de ações, e cada plano deverá conter: objetivo, órgão do  Governo responsável pela execução do projeto, valor, prazo de conclusão, fontes de financiamento, indicador que represente a situação que o plano visa alterar, necessidade de bens e serviços para a correta efetivação do previsto, ações não previstas no orçamento da União, regionalização do plano, etc.
    Neste contexto, o projeto no PPA é a realização do plano de ação que está associado.

  15. P: O Grupo de Gerência de Projetos do SISP poderá gerenciar os projetos dos órgãos do SISP? (28/11/2011)

    R: Na atual estrutura, o Grupo de Gerência de Projetos tem por atribuições:

    • Realização de Workshop de gerenciamento de projetos
    • Elaboração de Metodologia de Gerenciamento de Portfólio de Projetos
    • Implantação de  Metodologia de Gerenciamento de Projetos
    • Revisão de Metodologia de Gerenciamento de Projetos
    • Implantação de Escritório de Projetos
    • Evolução de maturidade em Gerenciamento de Projetos
    • Avaliação de Maturidade em Gerenciamento de Projetos

  16. P: Quais os requisitos de um gerente de projetos? (28/11/2011)

    R: A boa atuação de um gerente de projetos envolve habilidades técnicas, administrativas e interpessoais.
    No que se refere às habilidades técnicas, não se considera essencial que o gerente de um projeto seja um especialista em todos os detalhes abordados em seu escopo (para isso é importante a seleção de uma equipe de trabalho adequada), mas é importante que o gerente tenha conhecimento razoável do tema abordado no projeto, tendo ao menos formação ou boa experiência em área afim.
    As habilidades administrativas estão em grande parte relacionadas com o controle dos parâmetros básicos de um projeto, ou seja, escopo, custo, tempo e qualidade. Neste contexto, devem ser considerados os conceitos e técnicas apresentados pelo PMBoK.
    Porém, como a maior parte do tempo dedicado pelo gerente em um projeto está relacionada com comunicação, as habilidades interpessoais são muitas vezes vistas como as mais importantes, o que inclui capacidade de liderança, motivação e resolução de conflitos, além de facilidade de relacionamento e negociação com clientes, fornecedores e outras partes interessadas.

  17. P: Qual ferramenta para Gerenciamento de Projetos é recomendada pelo Grupo de Gerência de Projetos do SISP? (28/11/2011)

    R: O Grupo de Gerência de Projetos não recomenda nenhum software específico. Para gerenciamento do tempo, tem-se usado o OpenProj e estamos contribuindo no aperfeiçoamento da solução GP-WEB, que está disponível no Portal do Software Público.

Adicionar comentário